Home
http://osvaldomedeiros.com/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/530369Farinha.jpglink
http://osvaldomedeiros.com/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/530626Justi__a_federal.jpglink
http://osvaldomedeiros.com/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/243527djan.jpeglink

Cheias em açudes garantem abastecimento da cidade de Patos até inverno do próximo ano

Cheias em açudes garantem abastecimento da cidade de Patos até inverno do próximo ano Os açudes de Patos sofreram uma recarga desde o início das chuvas, no mês de março, See details

Onze pessoas são condenadas pela Justiça Federal por fraudar licitações e desviar dinheiro público em Sousa

Onze pessoas são condenadas pela Justiça Federal por fraudar licitações e desviar dinheiro público em Sousa Onze acusados da “Operação Carta Marcada” foram condenados pela Justiça Federal na Paraíba See details

Dr. Érico Djan nega filiação ao Avante PP e diz que permanece firme como pré candidato pelo PPS.

Dr. Érico Djan nega filiação ao Avante PP e diz que permanece firme como pré candidato pelo PPS. O médico e pré candidato a deputado estadual na cidade de Patos, See details

Cheias em açudes garantem abastecimento da cidade de Patos até inverno do próximo ano Onze pessoas são condenadas pela Justiça Federal por fraudar licitações e desviar dinheiro público em Sousa Dr. Érico Djan nega filiação ao Avante PP e diz que permanece firme como pré candidato pelo PPS.

PostHeaderIcon .::Osvaldo Medeiros::.

  

Coluna Osvaldo Medeiros 

Vai até o fim

Leia mais...

 

Ex-prefeito é assassinado em emboscada

O ex-prefeito da cidade de Campo Grande-RN, Antônio Veras, foi assassinado na tarde desta de ontem, sexta-feira (26), dentro da fazenda Monte Alegre, de sua propriedade, localizada a cerca de 10 km de Campo Grande. Além dele, dois policiais militares identificados como Jackson Cristino Dantas e Solano Costa de Medeiros, que faziam a segurança particular do ex-prefeito, também foram executados.

De acordo com as primeiras informações da polícia local, Antônio Veras e os seguranças teriam sido vítimas de uma emboscada, quando se aproximavam da fazenda por uma estrada de barro. Ao reduzir a velocidade, os homens cercaram o carro do ex-prefeito, uma caminhonete Nissan Frontier e começaram a atirar. Segundo a polícia, pelo menos 100 tiros de pistolas .40, escopeta calibre 12 e até de um fuzil 762 foram disparados.

A polícia ainda não sabe com exatidão o que motivou o crime, ma acredita em pistolagem, uma vez que dois irmãos do ex-prefeito foram assassinados recentemente. O corpo de Antonio Veras, que foi prefeito de Campo Grande entre 1997 e 2000, foi levado para o Instituto Técnico e Científico de Polícia em Mossoró, onde será submetido a necrópsia. A polícia ainda não tem pistas dos suspeitos. Os dois PMs eram lotados em Caicó.


 

Preso albergado é morto no início da noite desta sexta em Patos

O albergado Manoel Messias da Silva (27), conhecido por Messias, que residia na Rua Gilberto Taylor no bairro das Placas, foi fuzilado com aproximadamente 10 tiros de arma a qual a reportagem não teve conhecimento sobre o calibre, na noite desta sexta-feira (26), por volta das 19h30m.

De acordo com informações apuradas minutos após o crime, ele cumpria pena no antigo presídio de Patos como albergado acusado de ter assassinado na Cidade de Mãe D’água, Francisco Jones, que era considerado como um irmão do Prefeito Nabor Wanderley e que trabalhou por muitos anos para a família.

Leia mais...

 

O casal Nardoni foi condenado por homicídio triplamente qualificado pela morte de Isabella

O pai e a madrasta de Isabella Nardoni, 5, foram condenados pela morte da menina, em júri popular que terminou na madrugada deste sábado. A criança morreu em março de 2008 ao cair do sexto andar do prédio onde moravam Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá, na zona norte de São Paulo.

O casal foi condenado por homicídio triplamente qualificado e fraude processual (por ter alterado a cena do crime). De acordo com a sentença, no total, Alexandre foi condenado a 31 anos, um mês e dez dias de prisão, por homicídio triplamente qualificado, contra menor de 14 anos e agravado por ser contra descendente, mais oito meses pelo crime de fraude processual em regime semiaberto

Já Anna Carolina foi condenada a 26 anos e oito meses de prisão, por homicídio triplamente qualificado, contra menor de 14 anos, e mais oito meses pelo crime de fraude processual em regime semiaberto.

Cabe recurso, mas o casal não poderá recorrer em liberdade.

Enquanto o juiz Maurício Fossen lia a sentença, Alexandre Nardoni olhava para o chão --ele chorou desde que ouviu a condenação. Anna Jatobá olhava para o juiz durante a leitura e chorou ao final da leitura. A sentença acabou de ser lida à 0h40 pelo juiz Maurício Fossen, do 2º Tribunal do Júri do fórum de Santana (zona norte de São Paulo).

Leia mais...

 

PRF intensifica combate à exploração sexual de menores nas rodovias do Sertão da PB

A Polícia Rodoviária Federal está intensificando as ações de combate a exploração sexual de menores nas BR-230 e 361, nos trechos que cortam o Sertão da Paraíba a fim de encontrar focos de prostituição de menores. De acordo com o inspetor Eraldo, os pontos mais fiscalizados são motéis, hotéis, bares, restaurantes e postos de gasolina. "Estamos fazendo rondas constantes e verificando se existe esse tipo de prática nas rodovias", declarou ele.

Leia mais...