Home Esportes Nacional perde no tempo normal, mas conquista título nos pênaltis

Nacional perde no tempo normal, mas conquista título nos pênaltis

Foto: Globoesporte/pb

O Nacional de Patos perdeu o jogo e a invencibilidade, mas não o campeonato.

A equipe comandada pelo rei do acesso, Marcos Nascimento, perdeu no tempo normal para a Desportiva Guarabira pelo placar de 2 a 0 e decidiu o título nos pênaltis. Fábio marcou os dois gols do time da casa aos 15 e 32 minutos do primeiro tempo.

 

De acordo com o regulamento da competição, a Desportiva precisava de pelo menos devolver o placar que sofreu em Patos para tentar a sorte nas cobranças de penalidades.

Em pouco mais de meia hora de jogo o Azulão já vencia pelo placar que precisava e parecia que conseguiria o seu objetivo, no entanto a defesa nacionalina acordou e conseguiu segurar o ímpeto do time guarabirense.

No segundo tempo o jogo foi mais equilibrado e ninguém conseguiu balançar as redes, mesmo com os dois técnicos fazendo alterações em seus times.

No Nacional Ruan deu lugar a Caaporã, Enercino saiu para dar lugar a Léo e no gol Diego substituiu Careca.

Pela Desportiva saiu Jailson, entrou Elon,

História das cobranças de penalidades

Pelo Nacional bateram: Netinho, Márcio, Caaporã, Nonato e Silva

Pela Desportiva: Ebinho, Fábio, Cleitinho, Tiago Bob e Bruno

O Nacional começou atrás, com Netinho perdendo seu pênalti e Ebinho fazendo o seu. Mas depois o Naça marcou com Márcio, Caaporã, Nonato e Silva. Pelo lado da Desportiva, contudo, Fábio, autor dos dois gols, e Cleitinho perderam. Tiago Bob deu sobrevida ao time. Mas, no fim, o quinto pênalti nem mesmo precisou ser batido. O título já era patoense com o placar final de 4 a 2 nos pênaltis.

O Nacional e a Desportiva realizaram jogos dignos de uma decisão, fizeram por merecer o acesso a primeira divisão e se conseguirem manter pelo menos parte dos seus elencos prometem dar trabalho no Paraibano de 2018.

Por Antonio Silva

Patosonline.com