Home Geral Taxista e multado ao tentar socorrer um animal

Taxista e multado ao tentar socorrer um animal

Um Agente de Trânsito (que não teve a identificação revelada) multou semana passada um taxista que prestou socorro a uma cadela que estava prenha e preste a parir em pleno centro da cidade.

 

O fato é que o motorista, a pedido de várias pessoas que se sensibilizaram com a situação, resolveu dar sua parcela de colaboração e colocou o animal já bem perto de parir dentro do carro para conduzi-la tempo até o um lar temporário  que funciona próximo ao Parque religioso “Cruz da Menina”.

A missão do taxista e das pessoas voluntárias aconteceu em um canteiro frente a Caixa Econômica do centro, consideravelmente como um local de risco pela grande quantidade de veículos que transitam por ali principal, nos horários de pique.

O que revoltou principalmente quem tava ajudando é que o motorista não gastou 3 minutos no local para que as pessoas colocassem a cachorrinha dentro do veículo. Conforme informações o agente pediu que o taxista tirasse o carro do local, mas foi repreendido pelas pessoas que pediram a tolerância enquanto ele (o motorista) e os demais socorressem o animal.

Conforme testemunhas, o profissional retirou o talonário de Alto de Infração do bolso e não contou conversa, multou o taxista conhecido por Jerônimo (da Praça do Fórum) por ele estacionar seu veículo em local proibido. “O valor da multa por estacionar em local indevido, não chega ser dos mais altos, porém este tipo de multa está em segundo lugar, entre as penalidades que mais contribuiu para a suspensão da CNH (Carteira Nacional de Habilitação).”

Não seria obrigação do agente prorizar o atendimento ao animal e se preciso até interromper o trânsito para facilitar o trabalho dos voluntários?

Quanto à cachorrinha e os filhotes, passam bem e estão sendo todos bem assistidos pelos voluntários que abrigam animais soltos ou abandonados no centro e bairros de Patos. O taxista fez questão de visitar a cadela e conhecer os apadrinhados.

Portalpatos