Home Opinião Hospital Metropolitano realiza cirurgia de epilepsia em paciente adulto

Hospital Metropolitano realiza cirurgia de epilepsia em paciente adulto

O Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires realizou, nesta semana, a primeira cirurgia para tratamento de epilepsia desta unidade de saúde. O procedimento foi feito no lobo temporal, uma região do cérebro que costumeiramente dá origem ao foco epileptogênico. O paciente tem 30 anos, morador do município de Santa Rita, e já recebeu alta.

De acordo com o neurocirurgião Stênio Sarmento, responsável pelo procedimento, o Hospital Metropolitano tem estrutura e capacidade para realizar esse tipo de cirurgia e o primeiro procedimento é o pontapé inicial para uma rotina nesse sentido. O neurocirurgião Emerson Magno, que também fez parte da equipe da cirurgia, lembrou que o paciente tem uma chance significativa de cura, ou seja, uma melhoria para a sua saúde e qualidade de vida.

O tratamento cirúrgico é indicado em cerca de 30% dos casos, quando as medicações não têm efeito em relação ao número de crises e consegue-se identificar, por meio de exames de imagem, o ponto focal destas crises. “Alguns pacientes epilépticos, em torno de 30%, usam um, dois, três e até quatro tipos de medicações diferentes e continuam tendo crises frequentes. Então a qualidade de vida deles fica prejudicada, provocando a necessidade do tratamento cirúrgico”, explicou Dr. Stênio.

O Hospital Metropolitano, referência em neurologia, passa a atender à demanda por essas cirurgias. “A primeira cirurgia funcional em epilepsia no Hospital Metropolitano é um ganho porque muitas vezes pacientes não tinham o serviço de referência na Paraíba para tratar esse tipo de patologia”, ressaltou Dr. Emerson.

wscom

Foto. paraíbadebate/imagem ilustrativa