Home Política “Não estou interessado em aliança com Lucélio, quero ganhar no voto”, diz Zé Maranhão

“Não estou interessado em aliança com Lucélio, quero ganhar no voto”, diz Zé Maranhão

O São Pedro de Santa Terezinha-PB, foi celebrado nesse sábado (30), na conhecida festa de Severino, no centro da cidade, e contou grandes atrações em cima palco e em baixo, no forró foi; Pinto do Acordeom, Matheus Leitte, Naelson Medeiros e Alexandre dos Teclados, que abrilhantaram a noite para centenas de forrozeiros do município e muitos turistas que vieram prestigiar a festa.

 

Já fora do palco a festa foi muito prestigiada pela classe política, como os políticos locais e estaduais. A prefeita de Santa Terezinha, Terezinha de Zé Afonso (PSDB); vereadores; o prefeito de Santa Luzia, Zezé, e seu vice, Chicão; o prefeito de Teixeira, Nego de Guri; o deputado estadual Antônio Mineral; o deputado federal Benjamin Maranhão e o senador Zé Maranhão, que foi recepcionado com entusiasmo pelo povo de Santa Terezinha e depois caiu no forró com a prefeita Terezinha de Zé Afonso.

A reportagem do Blog do Jordan Bezerra conversou com exclusividade com o senador Zé Maranhão, e o pré-candidato ao governo do Estado, já na madrugada do domingo 01 de julho, e falou sobre temas como: o evento junino, cenário político estadual, adesões e declaração de Luciano Cartaxo.

O senador disse que era uma satisfação estar de volta à Santa Terezinha, registrou presença de sua comitiva; prefeito e vice de Santa Luzia, Zezé e Chicão, além de Almir Mineral e demais assessores que ajudam o senador na pré-campanha. Disse também que veio abraçar a prefeita Terezinha de Zé Afonso (PSDB), que é aliada de primeira hora, e que vai lhe dar uma grande vitória.

Questionado sobre sua caminhada rumo ao Palácio da Redenção, o pré-candidato destacou como positiva pelas adesões recebidas.

“Estamos todos os dias recebendo adesões expressivas. Hoje mesmo eu fui a uma festa da família Franca que tinha mais de 2 mil pessoas, em uma granja perto de João Pessoa e aí, recebi o apoio de vários profissionais liberais como médicos, engenheiros, advogados, comerciantes e industriais e prestaram apoio a minha candidatura", afirmou Maranhão.

O senador ainda citou outras adesões no campo político, como do ex-prefeito de Bayeux, Expedito Pereira, e, possivelmente adesão do prefeito de Santa Rita, Emerson Panta (PSDB), segundo ele, a cidade canavieira sempre lhe deu grandes vitórias.

Foi perguntado também, sobre o que saiu em parte da imprensa da capital sobre aproximação dele junto ao vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior (PSC). Tinha causado um mal-estar entre o prefeito Luciano Cartaxo e seu vice, isto porque, no último dia 27, Manoel Júnior assistiu ao jogo 'Brasil e Sérvia’ pela Copa do mundo, ao lado do senador Zé Maranhão.

O senador foi enfático ao responder a essa questão:

“Manoel Júnior não pertence ao partido do prefeito não, e quando o prefeito  desistiu da candidatura a governador, não deu sequer um agradecimento ao apoio que vinha recebendo do seu vice, Manoel Júnior. Agora o fato de ser o vice de Luciano não implica necessariamente do compromisso de votar no seu irmão, até porque o partido de Manoel Júnior é o PSC, liderado pelos Gadelha que estão me apoiando”, concluiu Zé Maranhão.

Respondeu também sobre uma notícia em que foi ventilado esta semana na imprensa que poderia acontecer uma unidade das chapas dele e de Lucélio Cartaxo (PV):

“Não posso dizer que isso existe, pois não conversei com eles sobre esse assunto e, evidentemente não estou interessado, acho que o povo precisa ter mais de um candidato, essa história de fechar um acordo de cúpula e deixar o povo sem participar é ruim para democracia, eu quero ganhar as eleições no voto, e no voto livre do povo da Paraíba”, afirmou Maranhão.

Blog do Jordan Bezerra