Home Esportes Sindicato dos árbitros vai acionar justiça contra ‘cenas lamentáveis’ em Patos

Sindicato dos árbitros vai acionar justiça contra ‘cenas lamentáveis’ em Patos

Segundo Emanuel Diniz, o sindicato está dando todo o suporte necessário, para que os responsáveis pelos atos antidesportivos sejam punidos

O Sindicato dos Árbitros de Futebol do Estado da Paraíba (Sinafep), deve entrar com ação na Justiça contra dirigentes, comissão técnica, atletas e torcedores do Nacional de Patos, acusados de agredirem o trio de arbitragem que trabalhou na semifinal do Campeonato Paraibano Sub-19, entre a equipe patoense e o CSP.

 

Segundo o presidente do Sinafep, Emanuel Diniz, o sindicato está à disposição dos árbitros, dando todo o suporte necessário, para que os responsáveis pelos atos antidesportivos sejam punidos.

“A diretoria do Sindicato dos Árbitros de Futebol do Estado da Paraíba estará solicitando junto a Federação Paraibana de Futebol, como também ao Tribunal de Justiça Desportiva de Futebol (TJDF), a punição severa dos envolvidos no ato de covardia por parte dos dirigentes, membros, atletas e torcedores da equipe do Nacional de Patos”, disse Emanuel Diniz.

O presidente do Sinafep garantiu que “o árbitro Tiago Ramos, os assistentes Crivalesco Marco, Gean Lima e o árbitro Laurismar Alves, responsáveis pelo comando da partida entre Nacional de Patos e CSP, pelo Campeonato Paraibano Sub-19, foram agredidos com socos e chutes”.

O jogo foi disputado nesse domingo (12), no estádio José Cavalcanti, em Patos, pela fase semifinal do Campeonato Paraibano Sub-19. O jogo terminou empatado no tempo normal em 1 a 1. Com isso, a vaga foi decidida nas cobranças de pênaltis, com vitória do CSP pelo placar de 5 a 4. Depois do jogo aconteceram as agressões contra os árbitros.

*Por Franco Ferreira, do Jornal Correio.