Home Geral Sertão nordestino deve registrar chuvas abaixo do esperado

Sertão nordestino deve registrar chuvas abaixo do esperado

O semiárido do Nordeste, área que corresponde ao norte da região, deve sofrer com chuvas abaixo do esperado até maio. De acordo com o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Cptec/Inpe), de março a maio, a chuva deve ficar bem abaixo dos 200 milímetros considerados normais para o Nordeste nesta época do ano.

 

Os estados que compõem o chamado sertão nordestino são Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia, Maranhão e Piauí.

De acordo com Francis Lacerda, coordenadora do Laboratório de Meteorologia de Pernambuco (Lamepe), apesar da previsão de pouca chuva, esse trimestre é considerado a estação chuvosa no semiárido nordestino.

“Em anos de chuva abaixo da média nesse período, como o que se configura nessa previsão, chove muito durante um ou dois dias, e depois temos períodos prolongados sem chuva, que podem ser de 10, 15 ou até 30 dias de seca. Nesses dias sem chuvas, as temperaturas costumam ficar bastante elevadas”, diz.

Para a agricultura, a condição é desfavorável. “Se por um lado os dias de bastante chuva enchem reservatórios, por outro, as chuvas excessivas podem causar erosão e, assim, prejudicar a agricultura, já que o solo fica impróprio para o plantio. As altas temperaturas também podem prejudicar os produtores, já que deflagram o crescimento de fungos nas plantações”, afirma Francis.

As chuvas abaixo do esperado acontecem, segundo o Cptec/Inpe, em decorrência da atuação do fenômeno El Niño, caracterizado por um aquecimento anormal das águas superficiais no Oceano Pacífico Tropical.

G1