Home Política

PostHeaderIcon Política

TRE-PB mantém ex-prefeita condenada por crime eleitoral

Eleita em 2012, Marcília Mangueira Guimarães foi condenada pelo TRE-PB por ter vinculado no site institucional da prefeitura propaganda em período vedado, o que configura um crime eleitoral

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) manteve decisão anterior de condenar, por crime eleitoral, a ex-prefeita Marcília Mangueira Guimarães, de Diamante, no Sertão paraibano, a 450 km de João Pessoa. Em decisão unânime, divulgada nessa quarta-feira (5), os juízes rejeitaram o recurso de Marcília. Ela não foi encontrada pelo Portal Correio para comentar o caso. Comente no fim da matéria.

Leia mais...

 

Cássio estaria a favor da saída do PSDB do Governo: "Situação insustentável"

Segundo O GLOBO, senador faz parte de 7 senadores da legenda favoráveis ao desembarque

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) estaria a favor do desembarque do partido tucano do Governo Temer. Ele faria parte do grupo de sete senadores tucanos favoráveis a saída do partido do Governo.

Leia mais...

 

TCE reprova contas de ex-prefeito

Ex-gestor teve débito de quase R$ 1 milhão imposto pelo Tribunal

Uma Prefeitura, duas Câmaras Municipais e quatro gestores de órgãos da administração direta e indireta do Estado tiveram, nesta quarta-feira (5), suas contas anuais aprovadas pelo Tribunal de Contas da Paraíba.

Leia mais...

 

Prorrogada inscrição de seleção para 96 vagas na Prefeitura de Cadedelo

Processo seletivo busca a contratação temporária de profissionais da saúde para o município. Ao todo, estão sendo oferecidas 96 vagas, sendo 48 para contratação e 48 para cadastro de reserva

A Prefeitura Municipal de Cabedelo (PMC) prorrogou até o dia 7 de julho, as inscrições para o Processo Seletivo Simplificado que busca a contratação temporária de médicos para o Município. São oferecidas 96 vagas, sendo 48 para contratação e 48 para cadastro de reserva.

Leia mais...

 

TCE vai notificar gestores para explicarem supersalários e corrigirem distorções

Medida foi anunciada pelo presidente André Carlo Torres Pontes, após reunião com o procurador geral do Ministério Público da Paraíba, Bertrand Asfora

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB) vai notificar os gestores dos órgãos públicos com pagamentos de supersalários para que expliquem se os valores pagos a determinados servidores são devidos, porque estão acrescidos de outras vantagens laborais, com 1/3 de férias e retroativos salariais, ou estão sendo pagos de forma irregular, com excessos, para que corrijam em tempo hábil as distorções. Comente no fim da matéria.

Leia mais...

 
Mais Artigos...