Home Política

PostHeaderIcon Política

Advogado se manifesta sobre decisão judicial que pediu prisão de Dinaldo Wanderley

Foto: Reprodução Polêmica Paraíba

A defesa de Dinaldo Medeiros Wanderley, através de seu advogado Dr. Marcilio Batista esclarece que recebeu com bastante tranquilidade a sentença da lavra do juiz da 14ª Vara Federal, e manifesta o seu interesse em recorrer a decisão, “ haja vista que a mesma encontra-se divorciada da prova que está no processo, tendo a contemplação que o próprio juiz já absolveu, neste processo, por dois outros crimes que não se configuraram ao final da instrução do processo” afirmou, Dr. Marcilio Batista.

Leia mais...

 

De volta a AL: Dinaldinho diz que propostas fizeram a diferença e que operações da PF não decidiram a eleição em Patos

PatosOnline

O deputado estadual e prefeito eleito de Patos, Dinaldinho Wanderley (PSDB) afirmou, nesta terça-feira (04), que sua vitória representa a vontade popular e é fruto da qualidade da campanha feita por ele.

Leia mais...

 

Cunha chama Manoel Jr e Aguinaldo de ingratos

O ex-presidente da Câmara dos Deputados definiu a decisão de Aguinaldo como hipócrita, enquanto Manoel Júnior teria agido de maneira covarde

foto:Créditos: Gustavo Lima / Câmara dos Deputados

Em entrevista concedida ao Correio Debate, nesta quarta-feira (21), o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, criticou os gestos dos deputados Manoel Júnior (PMDB), Aguinaldo Ribeiro (PP) e Efraim Filho (DEM) em votarem a favor da cassação do seu mandato.

Leia mais...

 

Lenildo continua no cargo: STJ nega retorno de Chica Motta a Prefeitura de Patos

Saiu ontem segunda 19 de setembro o resultado da Liminar que pedia o retorno de Francisca Gomes de Araújo Motta (PMDB) ao cargo de prefeita de Patos. O pedido foi negado pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça, Rogério Shietti Cruz que mantem Lenildo Morais (PT) à frente da edilidade.

Leia mais...

 

Cássio revela que recebeu ameaças de morte

Assessoria do senador paraibano Cássio Cunha Lima, líder do PSDB do Senado, confirmou que foram duas cartas com ameaças de morte

PortalCorreio

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB) revelou, com exclusividade ao programa 'Correio Debate' da Rede Correio Sat, que vem recebendo ameaças de morte por ter votado a favor do impeachment e pelo afastamento imediato da presidente Dilma Rousseff. Cássio já teria pedido à Polícia Federal que investigue a autoria das ameaças, feitas por cartas, mas o senador não teria solicitado reforço em sua segurança pessoal.

Leia mais...

 
Mais Artigos...