Home Opinião

PostHeaderIcon Opinião

Prefeitura de Patos divulga Nota de Esclarecimento sobre falta de combustível por causa da greve dos caminhoneiros

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Prefeitura Municipal de Patos vem a público comunicar que, em virtude da greve geral dos caminhoneiros em todo o país, que acarretou na falta de combustíveis nos postos de distribuição da cidade e municípios circunvizinhos, algumas atividades do governo municipal, que estavam agendadas para esta sexta-feira, (25), e também para este final de semana, tiveram que ser canceladas.

Leia mais...

 

Justiça determina que Prefeitura readmita contratados demitidos

Mais uma derrota da Prefeitura de Patos para servidores contratados e demitidos pelo prefeito Dinaldinho Wanderley.

O Poder Judiciário Patoense determinou em caráter de Liminar que a prefeitura reintegre imediatamente aos quadros de servidores contratados através do Processo Seletivo Simplificado alguns deles demitidos sumariamente pelo prefeito Dinaldinho Wanderley (PSDB).

Leia mais...

 

Candidatos se revoltam por causa de trânsito interditado para realização de Duck’s Bike de Ciclismo

Foi realmente um verdadeiro alvoroço no trânsito de Patos na manhã de ontem domingo 29/4 quando um grande engavetamento de veículos foi registrado nas principais Ruas do centro da cidade.

Leia mais...

 

Corpos de casal são encontrados dentro de residência

Dois corpos foram encontrados em avançado estado de decomposição no interior de uma residência, na manhã desta quarta-feira, 18, na zona rural de Pedras de Fogo.

Leia mais...

 

Maior traficante de animais do Brasil está preso e denunciado por lavagem de dinheiro

MPF estima que em duas décadas Valdivino Honório obteve mais de R$ 1,3 milhão com o tráfico

Valdivino Honório de Jesus, considerado o maior traficante de animais silvestres do Brasil, está preso e denunciado por lavagem de dinheiro. A partir das investigações realizadas, o Ministério Público Federal (MPF) em Patos (PB) estima que o traficante obteve com o tráfico um patrimônio de mais de R$ 1,3 milhão, em duas décadas.

Leia mais...

 
Mais Artigos...